© - Copyright - ©

Copyright - © As fotos e os textos de Eliéser Baco aqui publicados têm Todos os Direitos Reservados pela Lei 9610/98- ©

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Chuva Peregrina - Novo Endereço

Olá amigos. 

               O "Sêmen" (mini-saga), projeto textual que hoje conta com três autores (Fabiano Queiroz, Keila Costa e minha pessoa), está se mudando. O nome do blog, continua o mesmo, Chuva Peregrina, molhando no Blogger agora também. 

 As duas primeiras partes, "Origens" e "Solidão" continuarão permanentemente no sítio de informação antigo, mas daqui pra frente, os próximo arcos estarão neste endereço (só clicar)

Confesso que gosto muito do visual do wordpress, mas achamos que era hora da peregrinação seguir rumo. 

           O próximo arco, "Poder", já teve o primeiro capítulo publicado, vamos escrever sobre o que nos move, nos incomoda, nos tira do sério ou do ar!?

A publicação continua do mesmo jeito, uma por semana, e depois do sétimo capítulo, um novo arco, com novo tema.

            Acompanhe-nos, se exponha, cada tema, cada autor, destila, dialoga com outro, reverbera o comentário, engrandece o movimento dessa alegoria tão promissora, essa Chuva Peregrina.


Ocorreu um erro neste gadget

Bebedouro

"Ainda não consigo ter pena quando o mal encontra em nós, bebedores de sangue, o dia da desforra. Ainda não consigo perdoar aquilo que eu nunca faria para outra pessoa com tanta frieza, dissimulação e carisma nos olhos. Está aí prontamente a distinção de parte do que fui feito nas décadas, da maré que me fez derrubar o sangue alheio na minha realidade. Sombrias formas de olhar caminhos cruzados, ácido que sai nas linhas e na voz quando o cansaço encontra a raiz para a paz momentânea, e os nossos ossos só querem ferir, proteger os nossos e ferir quem atinge ideais, história sã e a nossa verdade. Nossa realidade por vezes má, confesso"

Eliéser Baco - direitos reservados na Biblioteca Nacional