© - Copyright - ©

Copyright - © As fotos e os textos de Eliéser Baco aqui publicados têm Todos os Direitos Reservados pela Lei 9610/98- ©

sábado, 15 de junho de 2013

Manifestações em São Paulo - 13 de junho de 2013

É importante dar voz aos manifestantes, faz parte da democracia. É um direito que a todos pertence. Para os que pensam que as manifestações são por conta de vinte centavos por embarque, não há o que se comentar, apenas compreender que nem todos usam o cérebro como outros. Espero, sinceramente, que não seja fogo de palha, que a voz permaneça, que aconteçam mudanças, que boa parte adquira a chama do conhecimento para evoluir em todos os aspectos. A violência repressora é mais que lamentável, assim como o é quebrar patrimônio público ou privado. As cenas de policiais militares ofendendo e batendo nos cidadãos indignados com anos e anos de práticas políticas criminosas é vexatória. Ônibus pichados e quebrados não são nada perto do assombro cometido contra os brasileiros, alienados ou não. Que venha a Copa, a Olimpíada, que venha o Carnaval, Eleições, que venham os corruptos, e que passem, que não se extingua a vontade de agir e melhorar o país.

............

Egoísmo ou Fraternidade? Já passou da hora de deixar de olhar a vida real com os olhos da Imprensa que visa alienar, povo. Já passou. O passado nos ensina a margear o porvir. O próximo Sol. Objetivos não só para o próximo consumo, a próxima parcela daquela futilidade que se ajusta no meu ano. Precisamos agir conforme gostaríamos que agissem conosco. As palavras podem ser belas, mas, ainda mais sejam nossas ações. A falta de conhecimento leva um país ao açoite moral, e estamos fartos dessa surra. Que mirem os fuzis alienados em outra direção. Enxerguemos a capacidade de um povo unido de se rebelar contra a marcha corrupta e vil. Onde esteve o sentimento de dignidade moral durante todo esse tempo? Nos cultos em prol do racismo social, étnico e sexual? Nas reuniões pela próxima novela das três da manhã? Que a polícia nos defenda da violência moral que há tanto milhões incomoda. Larguem as armas e vamos incendiar de conhecimento nossa mente e nossas atitudes, polícia paulistana, atirem na própria ignorância.

..............
Texto de Eliéser Baco - © Todos os direitos reservados pela Lei 9610/98- Copyright.-
..............



A repórter Giuliana Vallone, do jornal Folha de S. Paulo, foi atingida no olho por uma bala de borracha da PM
Foto: Guilherme Kastner / Brazil Photo Press - Edição da Foto: Eliéser Baco


Ocorreu um erro neste gadget

Bebedouro

"Ainda não consigo ter pena quando o mal encontra em nós, bebedores de sangue, o dia da desforra. Ainda não consigo perdoar aquilo que eu nunca faria para outra pessoa com tanta frieza, dissimulação e carisma nos olhos. Está aí prontamente a distinção de parte do que fui feito nas décadas, da maré que me fez derrubar o sangue alheio na minha realidade. Sombrias formas de olhar caminhos cruzados, ácido que sai nas linhas e na voz quando o cansaço encontra a raiz para a paz momentânea, e os nossos ossos só querem ferir, proteger os nossos e ferir quem atinge ideais, história sã e a nossa verdade. Nossa realidade por vezes má, confesso"

Eliéser Baco - direitos reservados na Biblioteca Nacional