© - Copyright - ©

Copyright - © As fotos e os textos de Eliéser Baco aqui publicados têm Todos os Direitos Reservados pela Lei 9610/98- ©

terça-feira, 2 de julho de 2013

Beady eye - Flick of the finger & Start Anew & Don't Brother Me


Flick of the finger
"... Vamos lá, nós decidimos se queremos ser parte do plano
Isso nos manda voando e não tem lugar para pousar
Está aqui, não importa se todos os ingressos foram vendidos
E que todas as velhas histórias tenham sido contadas
Eu sei que você dirá que ouve cada palavra que eu digo
Mas o futuro é escrito hoje; O futuro é escrito hoje."
.........



Start Anew
"Me ajude a entender
Ou me aceite como eu sou
Eu vou mudar meu ponto de vista
Qualquer coisa por você

Temos o mundo inteiro em nossas mãos
Vamos nos arriscar
Começar de novo

Querida, você não consegue ver?
Algo profundo dentro de mim
Eu vou te fazer mudar de ideia
Diga que você vai ser minha"
.........




Don't Brother Me
"De manhã eu tenho chamado
e espero que você entenda,
tudo ou nada, vou continuar a empurrar,
vamos agora dar uma chance a paz..."
Ocorreu um erro neste gadget

Bebedouro

"Ainda não consigo ter pena quando o mal encontra em nós, bebedores de sangue, o dia da desforra. Ainda não consigo perdoar aquilo que eu nunca faria para outra pessoa com tanta frieza, dissimulação e carisma nos olhos. Está aí prontamente a distinção de parte do que fui feito nas décadas, da maré que me fez derrubar o sangue alheio na minha realidade. Sombrias formas de olhar caminhos cruzados, ácido que sai nas linhas e na voz quando o cansaço encontra a raiz para a paz momentânea, e os nossos ossos só querem ferir, proteger os nossos e ferir quem atinge ideais, história sã e a nossa verdade. Nossa realidade por vezes má, confesso"

Eliéser Baco - direitos reservados na Biblioteca Nacional